Após intervenção do DER, trânsito volta a fluir na BR 316

Já, no retorno do feriado, neste último domingo, se percebia que o trânsito da BR 316 fluiu normalmente nos trechos próximos a Teresina.


Recorte de buracos, drenagem de poças de água, recapagem do asfalto e sinalização. Todos esses cuidados foram tomados pelo Departamento de Estradas de Rodagens (DER-PI), para amenizar os congestionamentos que estavam ocorrendo em uma das estradas mais utilizadas do Estado no último feriado de Páscoa, a BR 316.

Ainda antes do feriado todas essas etapas de manutenção da BR já tinham sido iniciadas através da operação Tapa-Buraco que, no decorrer dos últimos quatro dias trouxe de volta a normalidade do tráfego na saída de Teresina ao Sul do Piauí.

O diretor-geral do DER, José Dias, esteve acompanhando os serviços pessoalmente no local e garante que não só a BR 316, mas outros trechos rodoviários de Norte a Sul do Estado, estão sendo monitorados para dterminar quais aqueles que necessitam de medidas emergenciais para que os acessos não fiquem comprometidos por causa das últimas chuvas ou próprio desgaste natural.

“A intenção é dar continuidade à operação Tapa-Buraco nos locais que mais causam congestionamento e isso estamos fazendo rotineiramente de forma responsável e imediata. No caso da BR 316, no trecho que é de nossa responsabilidade, pretendemos, dentro de no máximo uma semana, tapar aqueles buracos que causam tantos transtornos para os motoristas”, garantiu.

Cidades como Castelo do Piaui, Luzilândia, José de Freitas, no Norte do Estado, outras no Sudeste, como Campinas do Piauí, Santo Inácio do Piauí e Floresta do Piauí, também receberam ações do DER.

Já, no retorno do feriado, neste último domingo, se percebia que o trânsito da BR 316 fluiu normalmente nos trechos próximos a Teresina e que estavam praticamente intrafegáveis. Para o DER, a prioridade no momento é dar continuidade às ações que possam levar segurança e trafegabilidade às estradas estaduais.

O órgão está agindo em várias regiões no Norte, Centro e Sul do Piauí para evitar o isolamento de cidades e manter a malha rodoviária estadual em condições de tráfego, considerando as regularidades das chuvas.

Fonte: Ascom