Após noite na fila, americanos começam a comprar o iPad

Dezenas de pessoas aguardaram por toda a noite em frente à Apple Store de Nova York esperando para conseguir o aparelho pela primeira vez.

O novo tablet da Apple, o iPad, começou a ser vendido na manhã deste sábado nas lojas americanas. O produto teve centenas de milhares de pedidos por antecipação nas últimas semanas. Dezenas de pessoas aguardaram por toda a noite em frente à Apple Store de Nova York esperando para conseguir o aparelho pela primeira vez.

Segundo o blog Bit, do The New York Times, empregados da Apple Store de Nova York gritavam, ao abrir as portas, "Let"s go, iPad!". Ainda de acordo com o blog, um dos clientes que esperou dias na fila para comprar o tablet, saiu com o produto da loja e disse que não iria testá-lo ainda, pois iria dormir primeiro.

Expectativa

Toni Di Giorno, 66 anos, de Pittsburgh, Pensilvânia, disse que havia esperado na fila desde as 5h na sexta-feira com sua filha e neta. "Elas estavam muito animadas para comprar um iPad", disse.

Wall Street está curioso para ver se o aparelho - que foi colocado à venda nas mais de 200 lojas de varejo da empresa nos Estados Unidos, assim como em muitas lojas da Best Buy - consegue conquistar uma massa e estará monitorando as multidões neste final de semana para medir sua popularidade.

Multidões se formaram nas lojas no país a partir da manhã de sexta-feira, aguardando nos postos de venda em Nova York, Washington, Boston e São Francisco. Mas as filas eram visivelmente mais curtas que as que aguardavam o iPhone em 2007.

Em Richmond, Virgínia, cerca de 100 pessoas se aglomeraram na loja da Apple, tomando café e se entrosando em um clima festivo. Muitos puderam fazer o pedido antecipado do aparelho desde meados de março, dando pouco motivo para esperar em fila no lançamento deste sábado. Os que solicitaram com suficiente antecedência online, puderam receber os iPads no sábado, buscando a loja ou por entrega à domicílio.

Analistas dizem que a empresa já recebeu alguns milhares de pedidos antecipados, com vendas estimadas entre 4 milhões e 7 milhões no primeiro ano.

Preso de até US$ 800

A Apple lançou o iPad em janeiro depois de fervorosa especulação, e as ações vêm aumentando constantemente nos últimos dois meses. Existe muita especulação sobre o iPad, que é uma nova categoria: um aparelho leve para acessar mídias que tenta unir os melhores atributos do smartphone e do laptop.

A tela sensível a toque do iPad mede 25 cm. Pesando 680 gramas, se assemelha a uma versão maior do iPhone, usando o mesmo sistema operacional. Os preços variam entre 499 dólares para um modelo Wi-Fi de curto alcance, e US$ 800 por uma versão com 3G.

O iPad foi desenvolvido para o uso de diversas mídias, inclusive jogos, vídeos, fotos, livros eletrônicos e revistas. Pode ser acessado por aproximadamente 150 mil aplicações já existentes do iPhone, assim como novas criadas especialmente para o iPad.

A Apple confirmou que as duas versões de seu novo produto estarão disponíveis na Espanha, Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Suíça, Japão, Canadá e Austrália também no final de abril, mas se desconhece quando será lançada no resto do mundo.

Com agências internacionais

Fonte: Terra