Após oficina de fotografia, Estação das Flores e Arte faz exposição

A exposição será nesta segunda na Estação da Flores em Timon

O olhar de crianças a partir das suas percepções no ambiente em que vivem. Esse é um dos objetivos da exposição de fotografia que será aberta nesta segunda-feira (12), às 16h, no projeto Estação das Flores e Arte, no bairro São Francisco, em Timon (MA). As fotos serão expostas de forma itinerante em vários locais em Timon e Teresina.   

Os flagrantes são dos próprios alunos – na faixa etária de 10 anos a 13 anos – que foram auxiliados por estudantes do curso de Comunicação Social do Estácio Ceut. Eles cederam as máquinas fotográficas e 10 estudantes participaram do projeto que virou uma exposição.


Durante um mês, os alunos de jornalismo ministraram aulas para as crianças de como manusear a máquina e noções básicas da fotografia. 

A estudante de jornalismo, Maura Vitória, disse que o objetivo do projeto é trabalhar a comunicação como ferramenta transformadora e através da fotografia, tentando definir caminhos de mudança.

“Nós ficamos bastantes surpresos e satisfeitos com os resultados que esse projeto nos mostrou e muito felizes também, com o envolvimento de todos que fazem a Estação das Flores e Artes. Somos uma só equipe formada por mim, meus colegas, os idealizadores da Estação, e claro, as crianças!”


Um dos coordenadores do projeto Estação das Flores e Arte, Jairo Araujo, destacou que a fotografia é interessante no sentido de trabalhar aspectos de fortalecimento da identidade das crianças. Ele ressaltou ainda que a experiência levará os participantes a lugares afetivos e do seu território de identidade, assim como da possibilidade de diálogos com os pais. 

“O nosso trabalho é muito voltado também para a escuta, e fortalecimento do elo entre passado e presente, da importância dos  saberes dos mais idosos  e valorização do patrimônio cultural e de construção coletiva”, ressaltou Jairo Araújo. 


“Com esse projeto, lançamos uma semente muito pequenina no coração e no olhar das crianças. Esperamos também que provoque mudanças significativa, que eles tenham um olhar mais afetuoso para a vida, para as relações e para o lugar onde vivem, que eles passem também compreender a importância de uma nova forma de ver a mesma coisa”, ressaltou Carla Senna.


Fonte: Portal MN
logomarca do portal meionorte..com