Após sucesso, "segurança gato do metrô" conta cantadas que recebe

Após sucesso, "segurança gato do metrô" conta cantadas que recebe

Na última semana, ele teve uma foto compartilhada nas redes sociais e o efeito foi viral

Ele era mais um entre os cerca de 1.200 seguranças do metrô de São Paulo, que em meio aos cerca de 630 mil passageiros recebia algumas olhadas e elogios discretos. Até que um usuário do transporte o fotografou e compartilhou a imagem nas redes sociais com a legenda que seria sua ?nova identidade?: o ?segurança gato do metrô?. A vida do também modelo Guilherme Leão, 22 anos, virou do avesso, as olhadelas se transformaram em assédios reais, pedidos para tirar fotos e cantadas - das mais leves às mais picantes. Ele não consegue mais caminhar pelo local de trabalho sem ser reconhecido, e os grupos de amigas que pedem em êxtase uma foto ao lado do ?gato? são frequentes. O que ele acha de tudo isso? Não reclama. ?É legal receber cantada de uma mulher?, comentou.

E as fãs de Guilherme são bastante criativas. Antes de ficar conhecido como o ?segurança gato? ele já havia escutado frases como ?nossa, multiplica, senhor?, ?meu Deus?, e até visto pessoas disfarçando para tirar fotos. Atualmente, ele recebe mensagens como ?estou me sentindo insegura, vem fazer a minha segurança??, ?me engravida?, ?nossa senhora do bilhete único? e até trechos da música Dormi na Praça, da dupla Bruno e Marrone, que faz referência a um guarda. ?Postei foto no Facebook que estava indo para casa e nos comentários elas colocaram coisas como ?estou te esperando, amor? e ?não se atrasa para o jantar??, comentou.

Em relacionamento sério há cinco meses com a ex-musa do Linense, Thais Belmonte, Guilherme se sente honrado com todos os elogios, tenta responder às mensagens de carinho que está recebendo no Facebook ? a caixa dele está cheia e ele já tem 70 mil seguidores ? mas evita corresponder às mais ousadas. Ele contou que sempre preferiu mulheres difíceis, que precisem ser conquistadas, mas não é do tipo que fica com pé atrás ou faz maus julgamentos às que ?passam cantadas?. ?É bacana receber uma olhada ou cantada de uma mulher, é uma coisa diferente de antigamente, as mulheres são mais independentes e têm mais atitude. Mulher não vai para balada hoje e fica no cantinho do bar esperando alguém chegar nelas?, afirmou.

Paulistano, 22 anos, ele vive com a mãe, a irmã e os avos. É modelo, no entanto, como a carreira é bastante instável decidiu prestar concurso para o cargo de segurança do metrô em 2010. ?Comecei a trabalhar como modelo no final de 2009, fiquei um ano trabalhando, mas nunca foi algo que eu pudesse largar tudo, porque tenho minhas obrigações?, contou. Guilherme passou um ano modelando na China e quando voltou foi chamado para integrar a equipe do metrô. Desde então, ele atua na Estação da Sé. ?Tem segurança aqui formado em Direito, Artes, Música, todo tipo de gente?, contou.

Na última semana, ele teve uma foto compartilhada nas redes sociais e o efeito foi viral. Desde então, além de elogios de homens e mulheres, Guilherme começou a receber propostas de trabalho como modelo. ?Tem gente que está falando que eu vou fazer campanha de cueca e ensaio sensual, mas não sei de onde tiraram isso, porque eu não estou sabendo?, contou. A agência dele está fechando alguns trabalhos, entre eles, um desfile, mas nada certo, afirmou. Além disso, o ?gato do metrô? pretende estudar teatro e tentar a carreira na TV. ?Meu sonho é trabalhar como ator, vejo filmes e novelas e fico me imaginando?, comentou. Guilherme também gosta de produção musical e cogita carreira como DJ.

A novidade confirmada por ele, por enquanto, é a criação de uma página e perfis no Twitter e Instagram por uma empresa de redes sociais em homenagem a ele. ?Existe uma que criaram, já está com 60 mil curtidas, mas não é minha e não sei quem fez?, disse. Guilherme aproveitou para alertar os seguidores de que as páginas no Facebook e perfis no Instagram e Twitter não são de autoria dele. Nas horas vagas, passeios com a namorada, com a família, produção de músicas e musculação preenchem a agenda do segurança que trabalha em uma escala de quatro dias para um de folga e quatro para três.











Fonte: tech tudo