Após susto, cantor Eduardo Costa disse que nasceu de novo

Cantor sertanejo Eduardo Costa foi preso em Sete Lagoas (MG)


Após susto, cantor Eduardo Costa disse que não de novo
Após o susto de ter sua aeronave jogada para fora da pista, o cantor sertanejo Eduardo Costa afirmou na rede de microblogs Twitter que nasceu de novo. "Hoje eu nasci de novo, foi a pior coisa que já passei, mas Deus está no controle." Ele estava a bordo de um avião que realizou um pouso forçado no fim da tarde desta sexta-feira em uma lavoura de Manhuaçu (região da Zona da Mata de Minas Gerais). Ao pousar no aeroporto da cidade, a aeronave perdeu os freios.

O cantor, que hoje realizaria um show em Simonesia (MG), disse estar muito triste pelo cancelamento do evento. Ele sofreu ferimentos nas mãos e braços, além de escoriações pelo corpo. Foi socorrido e levado a um hospital da região. Além dele e do piloto, havia duas pessoas a bordo.

Ele disse ainda que usava cinto de segurança, mas que, com a falha, resolveu tirá-lo, o que teria provocado suas lesões. "Bati com a cabeça e com a mão. Quebrei a mão e o nariz em dois lugares, mas estou bem", afirmou. "O avião girou na pista fazendo um 360 (graus). Depois desceu mato abaixo (...) achei que ia explodir."

Em agosto, Eduardo chegou a ser preso, suspeito de agredir um segurança durante um show da cantora Paula Fernandes em Sete Lagoas (MG). Segundo o boletim de ocorrência, ele afirmou ter sido empurrado pelo assistente de produção dela. Ao voltar ao camarim, o cantor teria desferido socos nas pessoas que estavam no corredor, inclusive no produtor. Ainda segundo o registro, o chefe de segurança do evento chegou para acalmar a situação, mas também teria sido atingido. Eduardo foi encaminhado a uma delegacia e liberado após assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência.

Fonte: Terra, www.terra.com.br