Após terceira cirurgia, menino com agulhas no corpo passa bem

Já havia passado por duas operações para a retirada de agulhas do fígado, intestino, bexiga, coração

O menino de 2 anos que está internado em Salvador com agulhas pelo corpo passa bem depois de passar pela terceira cirurgia em dez dias. O procedimento, que aconteceu na segunda-feira (28), durou quatro horas.

Segundo os médicos, um dos objetos retirados estava entre a sexta vértebra e a sétima e podia comprometer os movimentos.

Antes, a criança já havia passado por duas operações para a retirada de agulhas do fígado, intestino, bexiga, coração e pulmão.

O último boletim médico informa que o garoto passou bem a noite, não respira com a ajuda de aparelhos e a alimentação já foi liberada.

O menino permanece na UTI pediátrica do hospital, acompanhado pela mãe. Ainda durante a manhã desta terça-feira (29), ele deve passar por novos exames para saber se houve algum sangramento devido à operação realizada na noite de segunda. Mas eles acreditam que a cirurgia foi bem sucedida. A equipe médica acredita que ele deve deixar a unidade de saúde em até 15 dias.

Tratamento

O garoto foi levado a uma unidade de saúde de Ibotirama (BA) depois de reclamar de dores na barriga. Um exame mostrou que ele tinha várias agulhas espalhadas pelo corpo. A vítima foi internada em Barreiras (BA) e, depois, transferida para Salvador.

Segundo a polícia, o ex-padrasto do menino confessou o crime. Ele disse à polícia que teve ajuda de duas mulheres. O homem teria afirmado que enfiava as agulhas no corpo do menino como parte de um ritual religioso.

Se comprovada a culpa, ele deve ser responder por tentativa de homicídio qualificado. O inquérito foi concluído na segunda-feira e deve ser encaminhado à Justiça.

Fonte: g1, www.g1.com.br