Aposentada do Complexo do Alemão pesa 300 kg e luta para sair de casa

Direção do Hospital de Ipanema quer fazer avaliação para que idosa faça tratamento

Uma aposentada vive presa dentro de casa por pesar 300 kg e não conseguir andar. Ela pede socorro e ajuda para que possa realizar uma cirurgia. Maria da Penha mora no Complexo do Alemão e segundo a amiga Áurea Ribeiro, a aposentada começou a engordar após parar de trabalhar. A causa, segundo a amiga, seria uma possível depressão.


Aposentada do Complexo do Alemão pesa 300 kg e luta para voltar a sair de casa

Maria da Penha tem 64 mora no 5º andar de um prédio na comunidade e não sai do quarto há dois anos. Uma das amigas já procurou ajuda na defensoria pública para conseguir uma internação para Maria, mas não conseguiu. Devido a problemas de circulação, a aposentada tem ferimentos da perna. O excesso de peso também trouxe problemas de respiração e de pele.

Segundo Maria, um dos grandes problemas para conseguir realizar uma cirurgia é a dificuldade financeira.

? Fui no hospital de Ipanema, conversei com o médico. Minha amiga foi na defensoria pública, mas fiquei muito chateada, quando o médico disse para mim que a defensoria não mandava na unidade, só o médico.

O hospital Federal de Ipanema informou que um familiar responsável pode entrar em contato com a unidade para marcar uma avaliação. De acordo com a Clínica da Família, Maria da Penha recebe acompanhamento médico domiciliar há um ano, mas segundo a unidade, a cirurgia bariátrica não é recomendada para o peso e a idade da paciente.

Veja a reportagem:

Fonte: r7