arque da Cidadania deve ser entregue apenas em 2015

os cronogramas de execução das obras do Parque da Cidadania sofreram atrasos

Após intervenções do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), os cronogramas de execução das obras do Parque da Cidadania sofreram atrasos. Ao tempo em que o Parque deveria ser entregue à população em agosto deste ano, o prazo de finalização foi adiado para agosto de 2015.

O Parque da Cidadania é um complexo cultural e esportivo de 8,3 hectares, que contará com um lago no interior do Parque, construção de duas passarelas interligando o Parque à Avenida Miguel Rosa, anfiteatro, quiosques, guarita, academia coberta, academia ao ar livre, espelho d’água, pergolados, playground, estacionamento externo, pista de skate, de caminhada e ciclismo. Além disso, haverá a restauração arquitetônica da Casa do Agente, agenciamento arquitetônico das ruínas da antiga serraria para o Centro de Referência de Arte Santeira, viaduto passando ao lado do Parque e implantação de uma rua com faixa dupla que passará pelo parque. As obras estão orçadas em aproximadamente R$ 12 milhões.

De acordo com João Francisco da Silva, mestre de obras do Parque da Cidadania, 50% das obras já estão concluídas: “O pessoal do IPHAN veio aqui e não concordou com parte da obra. Disseram que era patrimônio histórico, até desmanchamos algumas coisas, mas agora foi tudo resolvido e as coisas estão andando. Essa ruína agora será restaurada”, assegura.

O IPHAN interviu em razão de a área ser patrimônio histórico: “Aqui [a ruína] vai funcionar a administração do prédio. Aqui é patrimônio histórico, por isso IPHAN não aceita que seja construído nada ao redor. Quando começamos a construir, eles embargaram a obra por causa disso, pois só podia fazer as outras obras após a autorização deles. Mas agora já retomamos os trabalhos novamente”, explica Silvâmia Amorim, técnica em edificações.

Embora o local seja uma área de patrimônio histórico, a construção do Parque da Cidadania vai enriquecer o local e trazer mais visitantes. Atualmente, o IPHAN está trabalhando junto à prefeitura para que o andamento da construção tome passos largos até a inauguração.

Fonte: Virgĩnia Santos e Lucrécio Arrais