Arvorismo no Zoobotânico será inaugurado na Semana da Criança

O Zoobotânico abrirá suas portas no período de 7 a 12 de outubro

Image title

Uma programação especial para a criançada está sendo preparada pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos (Semar). Com o tema "Criança no Parque", o Zoobotânico abrirá suas portas no período de 7 a 12 de outubro para receber o público infantil com muitas brincadeiras.

De acordo com a programação, o dia 7 será totalmente dedicado às crianças com deficiência atendidas pela rede municipal e estadual de ensino. O público infantil receberá orientações sobre as trilhas ecológicas, localização dos recintos, informações de preservação da rica flora e fauna que existem no parque. “Além disso, estaremos proporcionando lazer para a criançada, com brincadeiras, contadores de história, passeio no trenzinho e muito mais”, disse o coordenador do Zoobotânico, Renato Uchôa.

Inaugurado em 1973, o Parque Zoobotânico, localizado na zona Leste da cidade, é uma opção de lazer a baixo custo para quem gosta de verde e animais. São mais de 350 animais de 80 espécies diferentes. Neste mês da criança, o local contará com algumas inaugurações, dentre elas o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), que deverá ser um dos melhores do Brasil, pois contará com quatro corredores de voos, onde bandos serão treinados para depois serem reintroduzidos na natureza.

“Além disso, a população passará a contar com um circuito de arvorismo, com 20 torres e postes de apoio com vários obstáculos nos percursos e uma equipe de segurança muito bem treinada para evitar acidentes”, ressalta Ziza Carvalho.

As obras fazem parte da primeira fase do plano diretor que conta ainda com a criação de uma nova praça de alimentação que atenda a demanda de visitantes e o retorno do pedalinhos que fizeram muito sucesso nos anos 90.

O coordenador geral do parque, José Renato Uchoa, relata sobre o arvorismo e o valor que esse esporte trará para o Parque: “Essa prática vai trazer um aumento substancial no número de visitantes para o Parque Zoobotânico, que tem uma função social altíssima. Atendemos cerca de 150 mil crianças gratuitamente, todos os anos. A trilha de arvorismo vai inserir o Parque Zoobotânico no circuito nacional e internacional de turismo, trazendo assim, mais receitas por meio de visitantes. O diferencial é que será o único Parque de arvorismo no Brasil que irá atender  a cadeirantes, com acesso a todo o percurso da tirolesa e com total segurança”, enfatiza.

Um dos engenheiros que realizou o planejamento das trilhas de arvorismo, Vinicius Martins, destaca a segurança na prática desse esporte. “Toda a atividade tem uma norma técnica, alguns princípios são básicos para o arvorismo. Por exemplo, uma pessoa não pode sair do chão sem estar com os equipamentos de proteção individual", chama atenção.

Fonte: Ccom