AL intermediará acordo com policiais

A intenção é evitar um novo “conflito” que ameaça tomar proporções que fujam do controle do Estado

A Assembléia Legislativa do Piauí aprovou requerimento do deputado Marden Menezes (PSDB) para que seja realizada uma reunião na Comissão de Administração para buscar uma solução para greve dos policiais civis. A reunião deve ocorrer até a próxima quarta-feira, conforme acordo entre o deputado tucano e o líder do governo Cícero Magalhães (PT).

Marden Menezes explica que a finalidade da reunião é debater as reivindicações da classe, buscando intermediar um acordo com o Governo. A intenção é evitar um novo ?conflito? que ameaça tomar proporções que fujam do controle do Estado, conforme ficou demonstrado durante o tiroteio entre policiais civis e militares na última terça-feira.

Inicialmente o requerimento solicitava a realização de audiência pública, mas a bancada governista argumentou que devido à tensão na qual os grevistas ainda se encontram, a audiência pública poderia ocasionar uma situação embaraçosa de grandes proporções. Na oportunidade o deputado Cícero Magalhães (PT) sugeriu a realização de uma na Comissão de Administração da Casa, com a presença de representantes do Sindicato dos Policiais Civis do Piauí, sugestão esta que foi aceita pelos demais componentes do legislativo piauiense.

Em tempo, Marden Menezes solicitou que as personalidades requisitadas para participar da Audiência Pública fossem mantidas na reunião da Comissão de Administração Pública, argumentado que seria essencial a participação das autoridades envolvidas no processo, tais como secretário de Segurança, comandante da PM, secretária de Administração, promotor público, representante da OAB e o presidente do sindicato grevista, que por sua vez, foi aceito pelo líder do Governo, Cícero Magalhães.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte