Ator preso injustamente diz que só copeira será a poupada em ação

Ator preso injustamente diz que só copeira será a poupada em ação

Segundo o ator, a única pessoa que ele não pretende processar é a copeira Dalva Moreira da Costa

Há um mês, Vinícius Romão foi preso, acusado de um assalto que não cometeu. Na última segunda-feira, após depor na Corregedoria de Polícia Civil, ele expôs seu desejo de processar os culpados pela injustiça. Segundo o ator, a única pessoa que ele não pretende processar é a copeira Dalva Moreira da Costa, pelo ?peso que ela já carrega de ter colocado um inocente na prisão??. Dalva reconheceu Vinícius como o homem que a assaltou, mas depois voltou atrás.

- Quero processar todos os envolvidos. O Estado, o policial que me prendeu, o delegado que registrou. Todos que puderem ser processados - diz o ator, que está apenas esperando o dia da sua audiência, marcada para o próximo dia 25, para poder entrar com o processo.

Ainda sem trabalhar, por medo de sair às ruas, Vinícius prestou depoimento confirmando o desaparecimento de dois celulares, um par de tênis e um fone de ouvido, que ele entregou à polícia na ocasião em que foi preso.

A Polícia Civil afirmou que a investigação vai avaliar a conduta de Waldemiro Antunes de Freitas Junior, policial da 11ª DP (Rocinha) que apresentou a ocorrência, e do delegado William Lourenço Bezerra, responsável pelo flagrante. A 25ª DP (Engenho Novo) aguarda a vítima do assalto fazer o reconhecimento do novo suspeito detido na última sexta-feira.

Fonte: Extra