Audiência pública busca mapear problemas sociais No Piauí

A audiência acontecerá nesta segunda na UFPI

Idealizada pelo promotor Elói Pereira, será realizada na próxima segunda (8), no auditório do CCHL, na Universidade Federal do Piauí (UFPI), uma audiência pública que visa mapear os principais problemas enfrentados pelos piauienses, a discussão também concentrará esforços na elaboração de políticas que contemplem os mais diversos grupos sociais.

Nesse âmbito foram convidadas entidades civis, como: Movimento Sem Terra (MST); Federação e Associação de Moradores e Conselhos Comunitários (FAMCC); Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Piauí (FETAG); Grupo Piauiense de Transexuais e Travestis (GPTRANS); dentre outras.

Com o debate, a perspectiva é que o Ministério Público desenvolva um canal de diálogo entre o Poder Público e a população. "A nossa intenção com este encontro é debater nossas propostas e ouvir as principais reivindicações destes grupos com relação a políticas públicas voltadas para a sociedade. O MP é um importante canal de diálogo entre o poder público e a população", indicou o proponente da audiência.

Nisso, a expectativa versa para a proximidade entre os Poderes e a união de esforços na adoção de melhorias para os piauienses em geral. Cabe ressaltar que a ação que terá início às 16 horas contará também com a participação dos promotores de Justiça Myrian Lago, Fernando Santos, Cláudio Bastos, Márcio Carcará, Maria do Amparo de Sousa Paz e Marcelo de Jesus.

Fonte: Jornal Meio Norte