Aumenta otimismo dos brasileiros

Os consumidores acreditam no aumento da oferta de empregose na queda da inflação

O otimismo dos brasileiros cresceu 1,8% em maio na comparação com abril deste ano e permanece elevado. É o que informa o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC), divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta quarta-feira, 2 de junho. Os consumidores estão especialmente otimistas em relação ao emprego. O indicador de expectativa de desemprego aumentou 4,8% em maio ante abril. Foi a maior alta desde 2007. Isso indica que as pessoas estão mais confiantes no aumento da oferta de empregos.

O INEC de maio foi de 114,6 e está 5,7% acima da média histórica, que é de 108,5. O índice tem base fixa 100. Conforme a pesquisa, o crescimento registrado no mês interrompe a sequência de duas quedas consecutivas no índice.

De acordo com o gerente executivo de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Branco, embora o INEC de maio esteja um pouco abaixo do registrado em dezembro de 2009 - que foi o mais alto e atingiu 117,2 -, se mantém em nível bastante elevado. "Como o indicador estava muito alto, é natural que se tenha um recuo. Os consumidores sempre finalizam o ano com uma visão mais otimista por causa do ano novo", explica Castelo Branco.

As expectativas de queda da inflação e de crescimento da renda pessoal também tiveram elevação. O otimismo em relação à inflação cresceu 1,2% em maio na comparação com abril, enquanto a expectativa sobre a renda pessoal aumentou 2,4% no período.

Os consumidores também afirmaram estar menos endividados e com situação financeira melhor. O índice de endividamento aumentou 1,8% e o de situação financeira cresceu 2,1% em maio em relação ao mês anterior.

Somente o indicador de compras de bens de maior valor teve um recuo de 0,2% em relação a abril. Castelo Branco diz que essa redução pode ser causada pela elevação da taxa de juros. Ele acrescenta que a tendência é de alta dos juros ao longo do ano pode afetar o otimismo dos brasileiros. "Os juros têm impacto na situação financeira e na compra de bens de maior valor", completa o gerente.

O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor é uma pesquisa mensal elaborada pela CNI e realizada pelo Ibope. Foram ouvidas 2.002 pessoas entre os dias 14 e 19 de maio.

Fonte: maxpress