Estética: Aumenta a procura por cirurgias plásticas, principalmente mulheres

Estética: Aumenta a procura por cirurgias plásticas, principalmente mulheres

No verão aumenta a busca pelo corpo ideal e isso coincide com as férias escolares.

Com a chegada das férias, as clínicas de estéticas se enchem de pessoas, principalmente mulheres, para dar aquele "up" no visual. Não somente por conta das férias, como também para o Carnaval, a data em que as mulheres costumam mostrar seus corpos esculpidos, o aumento do número de cirurgias plásticas é considerável.

No verão aumenta a busca pelo corpo ideal e isso coincide com as férias escolares. Neste período, a busca do corpo perfeito fica evidenciada pelo calor, roupas curtas e praias lotadas. Além disso, a mídia bombardeia o culto às curvas e as pessoas começam a correr contra o tempo para melhorar a silhueta corporal.

Segundo o cirurgião plástico Daniel Ferreira, as pessoas, de fato, estão mais preocupadas com a boa forma. "O padrão de beleza atual cada vez mais exalta corpos definidos e saudáveis, no entanto o estilo de vida moderno com pouca atividade física e alimentação de baixa qualidade afasta cada vez mais as pessoas do objetivo do corpo perfeito, aumentando, dessa maneira, a preocupação com a boa forma", coloca.

As mulheres são a maioria na procura para melhorar a estética corporal, mas o número de homens que procuram cirurgia plástica é cada vez maior. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, aumentou de 8% para 20% do total realizado nos últimos anos.

"Além de mais saúde, ao fim da cirurgia, com um novo contorno corporal, o paciente aumenta a autoestima, com a melhor aceitação do próprio corpo e melhora ainda a relação interpessoal", explica o especialista.

Entre as cirurgias plásticas mais procuradas estão a lipoaspiração, lipoescultura, implante mamário, mamoplastia redutora e abdominoplastia, além das aplicações de botox e preenchimentos.

"Lipoaspiração, plástica de mama e de abdômen são as mais realizadas. Entretanto, tem aumentado muito a procura por cirurgia de aumento glúteo com prótese de silicone, para melhorar todo o contorno corporal.

De acordo com Daniel Ferreira, quem quer perder peso deve sempre procurar um médico antes de iniciar qualquer tratamento, e acompanhar com uma equipe multidisciplinar com endocrinologista, nutricionista, fisioterapeuta. A cirurgia plástica fica reservada para a definição final do corpo.

Hoje, os valores das cirurgias estão bem acessíveis e a associação de cirurgias pode reduzir o valor final do procedimento, desde que o tempo operatório não fique muito estendido, para mais segurança do paciente, de acordo com as recomendações da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Cuidados para ficar de bem com o espelho

Mirella Fernandes de Almeida, aos 32 anos, é uma das pacientes que se submeteram à cirurgia plástica. Ela conta que depois da gravidez ganhou muito peso, chegando a pesar 100 quilos. Por conta disso, a realização das atividades diárias já era algo complicado.

"Há 2 anos, em busca da minha saúde e autoestima, coloquei na minha cabeça que iria perder peso. Resolvi fazer dieta, academia e tive todo um acompanhamento psicológico e nutricional.

Após esse período, por não estar 100% satisfeita com o resultado, fui em busca da cirurgia plástica", conta a fisioterapeuta que hoje pesa 48 quilos. Hoje, Mirella afirma estar de bem com o espelho.

Após a cirurgia de prótese de mama, abdominoplastia e lipoaspiração, em que perdeu três quilos, o resultado que teve foi o esperado e sua autoestima foi lá para cima.

"Depois desse processo, tive todo um acompanhamento, inclusive com fisioterapeuta. Hoje faço minhas atividades normalmente e tenho mais disposição.

Agora é só continuar tendo essa força de vontade para manter o peso, a saúde e a auto estima", completa Mirella ao frisar que tem uma alimentação balanceada e ainda faz academia e pilates.

Fonte: Aline Damasceno