Autista exibe imagens das crises:Me sinto humilhada com preconceito

Fotos a ajudaram a se entender e se aceitar melhor, conta

Uma mulher que sofre com autismo e não havia sido diagnosticada até os 34 anos fez um ensaio fotográfico para mostrar como ela se sentia quando estava em crise. Ela realizou as fotos para tentar se entender  e se aceitar melhor, já que ainda existe muito preconceito sobre a doença. — Me sinto humilhada com o preconceito.

Apesar de ter sido diagnosticada mais tarde, ela lembra que teve recaídas desde a adolescência, mas não havia ligado os sintomas à síndrome.

Nas imagens, Sara está enrolada em uma toalha preta chorando, enquanto a maquiagem escorre pelo seu rosto.  O fotógrafo que fez o ensaio disse que toda pessoa que tiver um familiar com autismo vai reconhecer as reações.

— E a situação é ainda mais complicada em adultos. Muita gente não acredita que uma pessoas adulta possa perder o controle desse jeito.

Sara conta que, durante as crises, é normal que ela sinta até falta de ar, porque perde totalmente o controle. Com a divulgação das fotos, ela quis acabar com o estigma da doença. 

— É importante lembrar que é não um problema somente emocional. É uma questão física. O sistema entra em crise e não tem como pará-lo. Lutar contra isso é muito difícil.


Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7