Autora do hit "Ai se eu te pego" fala de trajetória antes da fama

Autora do hit "Ai se eu te pego" fala de trajetória antes da fama

Sharon Acioly também é autora do sucesso "Dança do quadrado"

Uma brincadeira com os dançarinos durante suas apresentações nas praias de Porto Seguro, na Bahia, rendeu a Sharon Acioly um dos maiores sucessos de sua carreira. A música "Ai se eu te pego" ficou mais conhecida na voz do cantor Michel Teló, mas já foi gravada pela banda de forró baiana Cangaia de Jegue, pelo grupo Garota Safada e já virou hit na internet em um vídeo que mostra soldados que seriam israelenses dançando. O que poucos sabem é que antes do sucesso, a composição já teve outras versões e chegou a ser registrada com o título "Assim você me mata".

"Eu costumava apresentar os dançarinos chamando-os até a frente do palco e brincava com a plateia ensinando o refrão para as meninas cantarem para eles. Era em ritmo de funk, "nossa, assim você me mata"", conta Sharon Acioly, que ficou conhecida nacionalmente com a "Dança do quadrado", que estourou em 2008.

Sharon revela que ao perceber que a brincadeira tinha caído no gosto popular resolveu transformá-la no refrão de uma música que escreveu para homenagear dois dos seus dançarinos. "A primeira estrofe era para "Rafael do Creu", já a segunda parte foi feita para Jonatan", completa.

A versão conhecida pelo público de "Ai se eu te pego" surgiu quando Antônio Dyggs, empresário e compositor, entrou em contato com Sharon e apresentou uma nova letra para o refrão criado por ela, em ritmo de forró. "Eu adorei a versão e nós registramos juntos. Logo a música fez o maior sucesso em Feira de Santana [município baiano]", lembra Sharon.

Em 2010, a Cangaia de Jegue foi a primeira banda a gravar a música (veja ao lado). O vocalista Norberto Curvello conta como o grupo foi beneficiado pela fama do hit: "Estamos tirando o melhor de tudo isso. Na Bahia a música já era conhecida e quando as pessoas veem ela sendo tocada nacionalmente associam ao Cangaia de Jegue. Quem não conhecia nossa versão acaba conhecendo, porque pesquisa, aparecemos nas buscas pela internet. Depois desse sucesso, associado a outras músicas como "Bolo doido" e "Red Label ou Ice", estamos fechando contrato com uma grande gravadora".

Em 2011, Michel Teló conheceu a música ao ouvi-la durante a apresentação de uma banda de forró em Salvador. "A produção dele foi atrás da banda interessada em colocar a música em ritmo sertanejo. Nós fomos contatados e firmamos um contrato. A equipe dele é supercorreta e recebemos nossos direitos autorais tudo certinho", diz Sharon.

Perfil

Aos 41 anos, Sharon se define como "uma apresentadora que canta". Criada no Rio de Janeiro, Sharon conta que nasceu nos Estados Unidos durante uma turnê de seu pai. "Boa parte da minha família é envolvida com música, cresci nesse meio", revela.

Hoje Sharon avalia que consegue "viver de música", mas admite que precisa de algumas estratégias para o período de "vacas magras". "Trabalhar com música é muito instável. Um dia você tem muitos shows, em outro já foi trocado. Uns conseguem viver da música, outros não. Entre as precauções, costumo investir em imóvel, para ter alguma segurança. Pelo menos teto para morar não vai faltar!", brinca.

A apresentadora diz que foi pioneira na implantação da animação de praia em Porto Seguro, que costuma reunir centenas de pessoas à beira do mar. Foi trabalhando com animação nas praias que Sharon conheceu a "Dança do quadrado", que se tornou um hit e lhe rendeu algumas apresentações na televisão.

"Minha primeira participação em um programa de TV foi no Caldeirão do Huck. Foi um verdadeiro sonho para mim, Luciano Huck é uma das personalidades nas quais me espelho. Os meus dançarinos são para mim como as "coleguinhas" [assistentes de palco do programa], tento promovê-los, para que também tenham uma carreira", diz.

A apresentadora Xuxa Meneghel é outra referência para Sharon, que adaptou diversas brincadeiras da artista para as animações praticadas nas praias baianas. "Sempre baseei meu trabalho de palco em Xuxa. Enquanto minhas amigas queriam ser paquitas eu esperava abrir vaga para ser Xuxa!", diverte-se.

Sobre os projetos para o futuro, Sharon diz que sonha em ser apresentadora de TV e que pretende investir mais em sua capacitação profissional, fazendo cursos de dança, música e aprimorando a dicção. "Estou saindo do grupo do qual fiz parte durante muitos anos em Porto Seguro e vou passar um período em Salvador, curtindo umas férias e investindo em mim", conclui.

Fonte: G1