Avó mantém neto de 2 anos amarrado em frente à loja

Os vizinhos contaram que essa é uma cena frequente

Uma mulher tem deixado o neto amarrado em frente à loja da família a fim de evitar que o menino, de dois anos, fuja do local. O caso foi registrado em uma região na cidade de Xiamen, na China.

Um pedestre fotografou a criança amarrada no local. Segundo ele, vizinhos contaram que essa é uma cena frequente: todos os dias ele fica preso por, pelo menos, uma hora.

A mulher de sobrenome Zheng afirma que as vendas da loja dão lucro suficiente apenas para alimentar a família e, por isso, eles não têm condições de mandar o menino para uma escola. 

No entanto, o motivo de deixá-lo amarrado surpreende. "Ele é muito danado", diz ela. "Às vezes eu tenho que fechar a loja para fazer entregas. Eu não consegui pensar em outro jeito de fazer isso".

A mãe do menino separou-se do pai dele e foi viver em outra cidade. Diante do caso, psicológos alertaram que a forma como a criança está sendo criada pode afetar sua saúde mental no futuro.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do G1