Banco de Leite tem estoque crítico de apenas 5 litros

Os bebês prematuros que se encontram internados na Unidade de Cuidados Intensivos da maternidade, hoje, precisam de oito litros de leite por dia

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUARTA-FEIRA (15) DO JORNAL MEIO NORTE

Imagine se o único alimento, que você pudesse e devesse comer, tivesse escasso. Imagine ainda se este alimento dependesse apenas da saúde e da boa vontade de algumas pessoas. Difícil imaginar, não? Pois é, mas é essa a atual situação que vive os 80 bebês prematuros assistidos pelo Banco de Leite Humano da Maternidade Dona Evangelina Rosa, localizada na região Sul da capital.

Os bebês prematuros que se encontram internados na Unidade de Cuidados Intensivos da maternidade, hoje, precisam de oito litros de leite por dia, no entanto, o estoque se encontra em um estado crítico, com apenas 18 fracos, contendo 300 ml cada, o que corresponde, aproximadamente, cinco litros de leite materno.

De acordo com Maria do Carmo Martins, nutricionista do Banco de Leite, o estoque está muito abaixo do que se necessita e que não há previsão do aumento, por depender de ações solidárias de mães que amamentam.

“O nosso estoque está em uma situação crítica. Não dá para atender nem a metade dos bebês. A nossa demanda é de oito litros diários e a gente tem apenas cinco em todo o estoque. Não é o do dia, cinco litros é nosso estoque. O que acontece a gente não tem previsão para aumento de estoque. E estamos dependendo apenas da ajuda de doadores de leite materno”, explica a nutricionista.

Repórter: Márcia Gabriele

Fonte: Márcia Gabriele