Bebê cai logo depois do seu primeiro banho em um hospital de Votorantim

Bebê cai logo depois do seu primeiro banho em um hospital de Votorantim

O acidente aconteceu nesta terça-feira (8), na Santa Casa de Votorantim (SP).

Um bebê que havia acabado de nascer sofreu uma queda logo após tomar o primeiro banho quando era colocado pela enfermeira no berço. O acidente aconteceu nesta terça-feira (8), na Santa Casa de Votorantim (SP).

"Ela lavou o corpinho dela (bebê) numa banheira e decidiu colocar a bebê em baixo de uma luz para que pudesse esquentar a criança. Alguém tirou aquele bercinho e deixou só um colchonetezinho de plástico fino que não segura nada. E ela quando colocou a criança, na mesma hora foi para o chão, rodou, acho que bateu com a cabeça", relata o pai Fábio Moreira.

A criança nasceu na Santa Casa de Votorantim, mas como não há aparelhos de tomografia ou neurologista precisou ser transferida para o Hospital Regional de Sorocaba (SP). Segundo o pai da criança, começavam mais algumas horas de angústia. "O hospital cedeu uma incubadora para trazer a criança e trouxeram de forma precária porque a criança estava solta dentro da ambulância. Eu e o rapaz viemos segurando para chegar às 2h30 para conseguir fazer a tomografia por volta de 4h30 e o neurologista fazer o atendimento, às 8h", reclama.

A direção da Santa Casa informou que está tomando todas as providências de assistência à recém-nascida e aos pais. Informou também que deverá ser aberta uma comissão para apurar se houve negligência da enfermeira. "Todo fato que tem essa conotação, a administração abre um procedimento administrativo para apurar os fatos, não só para preservar a criança, como também para que regule o trabalho da enfermagem e o trabalho dos profissionais do hospital. Nós tivemos um acidente que trata-se de uma profissional com 7 anos de casa, com 20 anos de profissão. Isso configura um acidente de trabalho", explica o advogado da Santa Casa Lázaro de Góes Vieira.

O coordenador de enfermagem negou problemas no transporte do bebê. "O sistema de transporte foi acionado rapidamente, antes mesmo do código de autorização ser dado pelo Sistema de Urgências e Emergências, a fim de agilizar o processo. Essa ambulância permaneceu na Santa Casa aguardando essa liberação. Sobre a incubadora, nós optamos por transportá-la na nossa incubadora, onde o bebê já estava adequadamente instalado, para não haver uma mudança e uma maior manipulação do bebê de uma incubadora para outra", explica Anderson Fortini.

A criança está internada no Hospital Regional de Sorocaba (SP). Por telefone, a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde informou que o bebê passou por uma tomografia, mas que ainda não é possível afirmar se houve traumatismo craniano.

Fonte: G1