Bebê com condição rara sobrevive alimentado por tubo ligado ao coração

Os médicos estão usando um tratamento pioneiro

Um bebê que nunca será capaz de comer ou beber está sendo mantido vivo por um tubo de alimentação inserido em seu coração.

Macie McCrorie sofre de uma doença intestinal rara, que significa que não pode digerir qualquer coisa e até mesmo engolir a própria saliva, pode deixá-la gravemente doente.

Para obter os nutrientes vitais, calorias e fluidos necessários ao corpo da criança de 14 meses de idade, os médicos estão usando um tratamento pioneiro. Durante 18 horas por dia, uma linha de alimentação está diretamente ligada ao coração para garantir que Macie receba o que ela precisa para sobreviver.

A criança foi diagnosticada com pseudo-obstrução intestinal, ou seja, músculos e nervos em seus intestinos não funcionam corretamente.


Bebê com condição rara vive sendo alimentado através de tudo ligado ao coração

Cerca de uma em cada 25 mil pessoas sofrem com a doença, mas a maioria pode comer e beber pequenas quantidades. Os médicos temiam que doença fosse tão agressiva que afetaria o crescimento da Macie, mas ela está engatinhando e dando seus primeiros passos.

Sua mãe, Cheryl Robson, disse: "Eu não escondo os alimentos de Macie - ela se senta à mesa quando comemos e eu quero que ela saiba que é uma coisa normal. Ela costuma chorar quando eu estou tomando uma xícara de chá, mas, normalmente, é um bebê feliz."

Fonte: Metro