Bebê de grávida morta em roubo é amamentado em banco de leite

Bebê de grávida morta em roubo é amamentado em banco de leite

Recém-nascida ainda está internada e passa por exames

A bebê Gabriela, filha de Daniela Nogueira de Oliveira, baleada na cabeça na última terça-feira (8), está sendo amamentada pelo banco de leite do Hospital Municipal do Campo Limpo, onde permanece internada, segundo informou uma amiga da família, que preferiu não ter o nome divulgado.

De acordo com ela, a criança deve ter alta na segunda-feira (14). Inicialmente, a expectativa era de que Gabriela deixasse o hospital no sábado (12). Conforme a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, o bebê também passou por exames médicos neste domingo (13).

A menina está sendo submetida a um procedimento chamado ?banho de luz?. O tratamento fototerápico é indicado em casos de icterícia, problema comum entre recém-nascidos.

O bebê foi salvo em uma cirurgia de emergência. A menina passou uma noite na UTI neonatal do hospital e, depois, foi encaminhada à maternidade.

Grávida de nove meses, Daniela foi surpreendida por dois criminosos em uma moto, na noite de terça-feira (8), ao chegar de carro no condomínio onde morava, no Horto do Ypê, na zona sul. Ela acabou baleada na cabeça.

A secretária, que estava internada na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do Hospital Municipal do Campo Limpo, teve morte cerebral decretada na tarde de quinta-feira (10). Os parentes decidiram doar os órgãos da jovem.

Fonte: R7, www.r7.com