Bebê de apenas 1 ano é descoberto vivo após ser levado para necrotério

Bebê de apenas 1 ano é descoberto vivo após ser levado para necrotério

Menino sobreviveu a acidente de carro que matou toda a sua família

Um bebê de apenas um ano de idade foi o único sobrevivente de um acidente de carro que matou cinco membros de sua família na Arábia Saudita, em fevereiro deste ano. Logo após o ocorrido, ele teve o corpo colocado em um saco plástico e foi levado ao necrotério, porém os médicos perceberam a tempo que, na verdade, a criança estava viva.

Segundo o tabloide britânico Daily Mail, Eisa Hayat estava em um táxi com sua família, vindos da Inglaterra e em peregrinação à Meca. O motorista adormeceu e o carro chocou-se contra uma ponte de concreto. Seus pais, avós e uma tia morreram na hora. A mãe do menino estava grávida de sete meses.

Saira Zenub, a tia de Eisa, enviou uma mensagem de texto para um parente momentos antes do acidente e se dizia preocupada com a velocidade em que o táxi era dirigido.

O herói dessa história foi o avô do menino, que usou o próprio corpo para protegê-lo do impacto. Agora ele está hospitalizado e passa por recuperação.

O tio-avô do bebê, Shazada Hayat, conta que ninguém acreditava que ele pudesse estar vivo, portanto o corpo foi levado ao necrotério.

? Quando o levaram para o armazenamento, ele se mexeu. No mesmo momento, o colocaram em uma ambulância às pressas, rumo ao Hospital de Cuidados Infantis da Medina.

Agora, a criança será criada por parentes, que dizem que o fato de ele ter sobrevivido é um verdadeiro milagre.

Shazada, que é advogado, vê tudo como um recomeço.

? Temos que nos certificar de que estaremos lá para apoiá-lo cada vez que esse menino precisar, como seus pais fariam. O tempo é o melhor remédio, mas cura apenas algumas partes. Obviamente, sempre haverá um buraco para ele. Ninguém pode substituir os pais, ninguém pode substituir o abraço de uma mãe e de um pai.

Fonte: R7, www.r7.com