Bebê prematuro nasce após morte de sua mãe em ataque na Faixa de Gaza

Mais de 800 pessoas foram mortas em Gaza

Um bebê prematuro nasceu após a morte da mãe em um ataque aéreo israelense em Gaza. O médico disse que a criança tem iguais chances de viver e de morrer.

Mais de 800 pessoas foram mortas em Gaza desde que Israel iniciou sua ofensiva militar no dia 8 de julho, com o objetivo declarado de impedir os disparos de foguetes do Hamas contra seu território, e diz ter descoberto uma rede de túneis usados pelo grupo militante para supostamente se infiltrar em território israelense.

Pelo menos 35 israelenses (ao menos dois deles civis) e um tailandês, atingido por um foguete palestino, também perderam a vida na onda de violência até agora.



Fonte: Terra