Bebê nasce sem sangue e sobrevive; só deram 2 hs de vida

A mãe, Louise Bearman, de 31 anos, contou ao "Sun" sobre o horror de dar à luz um "bebê-fantasma".

A pequena Olivia Norton cresceu. Mas, segundo os médicos, graças a um "milagre".

A menina nasceu de forma prematura com um número irrisório de hemoglobinas, o que fez com que ela fosse classificada oficialmente como "sem sangue".

Os médicos deram a ela menos de duas horas de vida. Mas, graças a transfusões, Olivia sobreviveu.

A mãe, Louise Bearman, de 31 anos, contou ao "Sun" sobre o horror de dar à luz um "bebê-fantasma". O sangue da filha havia se esvaído na corrente sanguínea de Louise. A inglesa começou a sentir que havia algo errado quando o bebê passou três dias sem dar chutes na sua barriga.

"Olivia era o meu primeiro bebê, então eu não sabia o que esperar. Mas certamente eu não achei que ela seria daquela cor branca", comentou a mulher, de Witham (Inglaterra).

A enfermeira neonatal Sharon Pilgrim disse que em 20 anos de profissão nunca viu alguém nascer com níveis tão baixos de hemoglobina.

"O hospital todo ficou maravilhado e chamou Olivia de "bebê-milagre". Os médicos ainda não sabem o que aconteceu. É uma dessas coisas esquisitas", disse Louise.


Bebê nasce sem sangue e sobrevive; só deram 2 horas de vida

Bebê nasce sem sangue e sobrevive; só deram 2 horas de vida

Fonte: O Globo