Morre o bebê após ser retirado do útero de grávida que estava morta

Morre o bebê após ser retirado do útero de grávida que estava morta

A mulher chegou a ser socorrida, mas não sobreviveu a uma operação

O bebê recém-nascido que havia sido salvo por médicos ao ser retirado do ventre de sua mãe, morta em um bombardeio na Faixa de Gaza, morreu no hospital, informou a imprensa local nesta quarta-feira (30).

A menina, chamada Shayma Sheikh al-Eid, nasceu depois que sua mãe, uma grávida de 23 anos, morreu em um ataque aéreo em Khan Yunis na última semana. A mulher chegou a ser socorrida, mas não sobreviveu a uma operação. Os médicos resolveram então fazer uma cesariana de emergência, e o bebê sobreviveu.

Shayma ganhou o nome de sua mãe por decisão de sua família. Entretanto, a criança sobreviveu por apenas cinco dias. Ela foi enterrada ao lado da mãe.


Bebê resgatado do ventre da mãe em Gaza morre em hospital

Fonte: G1