Biscoitos recheados são viciantes como cocaína, revela uma pesquisa

A equipe descobriu que comer biscoitos recheados ativava mais neurônios do “centro de prazer” que algumas drogas.

Você pensou em comer apenas um biscoito, mas antes que se desse conta, já tinha devorado metade do pacote? Parece que os ratos têm o mesmo problema.

Pesquisadores do Connectict College descobriram que Oreo, o biscoito recheado favorito dos norte-americanos, pode ser tão viciante para ratos quanto a cocaína.

De acordo com a pesquisa realizada pelo neurocientista Joseph Schroeder e seus alunos do Connecticut College, ratos criaram uma forte associação entre os agradáveis efeitos de comer biscoitos e um ambiente específico, como criaram com cocaína ou morfina.

Ao analisar o cérebro dos ratos, a equipe descobriu que comer biscoitos recheados ativava mais neurônios do ?centro de prazer? que algumas drogas.

Em um comunicado à imprensa, Schroeder disse que ?Isso pode explicar por que algumas pessoas não conseguem resistir a esse tipo de alimento, mesmo sabendo que faz mal?.

Mas o que originou esse estudo, pra começar? Schroeder e sua equipe queriam determinar as possíveis causas de obesidade em bairros de baixa renda. Comprar biscoitos é muito mais fácil e barato que comprar drogas, mas pode oferecer a mesma satisfação pouco saudável.

A principal neurocientista da faculdade, Jamie Honohan, responsável pela ideia original do estudo, explicou que os ratos são muito parecidos com os seres humanos ao saborear um biscoito recheado.

?Eles abrem o biscoito ao meio e comem o recheio primeiro? declarou.


Biscoitos recheados são viciantes como cocaína

Fonte: Dircovey Brasil