Black Friday Brasil divide opiniões e é alvo de críticas

Muitas lojas divulgam desconto de 50% até 70%, porém, segundo consultores, o máximo de desconto que o pais pode oferecer é de 30%,

Um dos maiores eventos de liquidação do país, que veio dos Estados Unidos, o Black Friday Brasil, é alvo de críticas. O universitário, Victor Ferreira, não confia nos descontos. “Os preços não tem muita diferença durante o Black Friday, pois uma semana antes algumas lojas aumentam o preço, já durante o black Friday diminuem e logo em seguida continuam com o mesmo preço.” Conta.

Além disso, algumas lojas usam de artifícios midiáticos para convencer os consumidores. É o que afirma um ex-vendedor, que não quis se identificar por medo de retaliações.“Já trabalhei no comércio, e na loja onde tinha desconto, porém com uma diferença mínima. Eles trabalham mais com anúncios para atrair atenção dos clientes, não era nada daquilo tudo que diziam. Não é como nos E.U.A.” Afirma.

É nesse momento que muitas lojas divulgam desconto de 50% até 70%, porém, segundo consultores, o máximo de desconto que o pais pode oferecer é de 30%, pois o varejo brasileiro não tem capacidade para isso.

 

Repórter: Daniely Viana

Fonte: Daniely Viana