Boeing 737 explode  em pouso e mata pelo menos 50 na Rússia

Boeing 737 explode em pouso e mata pelo menos 50 na Rússia

Ministério de Situações de Emergência confirmou acidente neste domingo. Boeing 737 bateu e explodiu ao tentar pousar em Kazan, no Tartaristão.

O voo 363 da Tatarstan Airlines, com ao menos 50 pessoas a bordo, explodiu no aeroporto de Kazan, na Rússia, por volta das 19h30 (13h30 no horário de Brasília) deste domingo (17), matando todos os ocupantes.

De acordo com a agência de notícias russa RIA Novosti, uma porta-voz do Ministério de Situações de Emergência confirmou o acidente, que ocorreu por volta das 19h25 locais (13h25 pelo horário de Brasília).

O avião, um Boeing 737, saiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, com destino a Kazan, na república russa do Tartaristão, a 720 quilômetros ao leste do ponto de partida. Após duas tentativas de pouso frustradas, o avião perdeu altitude, bateu e explodiu na pista quando os pilotos tentaram a aterrissagem.

As autoridades informaram que o clima na cidade era de precipitações leves e com ventos de 28 km/h.

Segundo um comunicado emitido pelo Ministério, informações preliminares são de que todos os 44 passageiros e seis tripulantes morreram. Vários agentes dos serviços de bombeiros e de emergência já estão no local acidente, embora as autoridades não tenham esperanças de encontrar ninguém com vida.

A agência afirma as equipes dos bombeiros conseguiram controlar o incêndio rapidamente após a tragédia.

Por motivo de segurança, o aeroporto de Kazan foi fechado até segundo aviso.

De acordo com o Comitê de Investigações, o presidente da Rússia Vladmir Putin já estabeleceu uma comissão para avaliar as causas do acidente.

Fonte: G1