Boi "Ariadna" tem dois sexos e intriga fazendeiro da Grande Belo Horizonte

Veterinário da UFMG afirma que condição é rara na espécie

Um boi que nasceu com os dois sexos dá trabalho para os funcionários em uma fazenda na zona rural de Betim, região metropolitana de Belo Horizonte. Apelidado de Ariadna, em homenagem à uma famosa transsexual brasileira, o animal é o mais bravo de todas as 40 cabeças do gado da propriedade.


Boi

Quem cuida do boi é o pecuarista Miguel Marques. Só para conseguir deixar o animal de dois anos de idade quieto, ele precisa amarrar os chifres e prendê-lo em uma árvore. Ele conta que o bicho ainda não tentou reproduzir com nenhum outro da fazenda.

? Eu sei que tem uma alteração genética e não dá para concluir se é macho ou fêmea. Não dá leite e nem vai dar.

Marques comprou o boi em uma leva com outros 15 e não sabia das condições especiais do animal, mas, desde que descobriu que o animal tem tanto a genitália masculina quanto a feminina, prefere tratá-lo como fêmea.

O veterinário Marc Henry, da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), explica que essa condição é rara entre a espécie, mas que não garante que o animal seja, de fato, hermafrodita.

? Na maioria dos casos, esses animais não conseguem se reproduzir.

Fonte: r7