Bombeiros encontram corpo de argentino arrastado pela onda

Bombeiros encontram corpo de argentino arrastado pela onda

A vítima, que teve apenas o primeiro nome divulgado – Leonel –, era um argentino de 22 anos.

Bombeiros do Grupamento Marítimo de Copacabana encontraram por volta das 10h30 desta quinta-feira (29) o corpo de um homem que foi arrastado por uma onda na Praia do Arpoador, na Zona Sul do Rio. A vítima, que teve apenas o primeiro nome divulgado ? Leonel ?, era um argentino de 22 anos.

De acordo com a Polícia Militar, o estrangeiro estava com um amigo nas pedras do Arpoador quando uma onda arrastou os dois para o mar. O colega foi resgatado com vida pelos bombeiros.

O barraqueiro Jeziel Cruz, que diz trabalhar na praia há 32 anos, ouviu gritos de quatro jovens que estavam na pedra, por volta das 5h desta quinta-feira. "Eram quatro que estavam sentados na pedra. Eles estavam de roupa de banho, acho que iam mergulhar. Um dos rapazes caiu e o outro tentou socorrer e caiu também. Aí veio um surfista que tirou um deles, e o outro ficou desaparecido", contou.

Horas depois do incidente, o advogado Adalberto Martins, que é de Minas Gerais e visita o Rio pela primeira vez, acabou achando o corpo do argentino. O turista apreciava a vista da orla nas pedras por volta das 10h30, quando viu o rapaz entre as fendas da rocha. "Eu estava fazendo hora para um compromisso de trabalho aqui na pedra, quando vi o corpo. Perguntei para os guardas se eles estavam procurando alguém e indiquei o lugar", revelou.

Conhecidos da vítima disseram que o homem era cozinheiro de um alojamento para estudantes em Copacabana. Um amigo próximo de Leonel, chamado Mariano Rivas, disse que ele morava no Rio há cerca de 5 meses. "Ele foi em uma festa ontem e vão voltou."


Bombeiros do RJ encontram corpo de argentino arrastado por onda em pedra

Fonte: G1