Bombeiros retiram à força índio de árvore após 25 horas de protesto

Ele subiu na árvore por volta das 9h30 de segunda-feira(17), enquanto do Batalhão de Choque removia manifestantes que invadiram prédio lado do Museu

O índio identificado como Urutau Guajajara foi retirado à força por bombeiros do galho de uma árvore dentro do terreno do antigo Museu do Índio, no Maracanã, na zona norte do Rio. Ele subiu na árvore por volta das 9h30 de segunda-feira (17), enquanto do Batalhão de Choque removia manifestantes que invadiram um prédio ao lado do museu. O ato, que durava mais de 25 horas, era um protesto de Guajajara.



Dois bombeiros se posicionaram em um telhado, perto de onde Guajajara estava, e buscavam manter uma conversa. Ao mesmo tempo, outro bombeiro subiu na árvore com a ajuda de uma escada magirus. Eles cercaram o índio e o imobilizaram para retirá-lo da árvore.



Segundo o Corpo de Bombeiros, o índio foi encaminhado para um centro de emergência anexo do Hospital Souza Aguiar, na região central do Rio. Depois de passar pela unidade de saúde, ele foi conduzido à Delegacia da Praça da Bandeira (18ª DP) para registro de ocorrência



Fonte: r7