Brasil ganhou 12 milhões de internautas em 2009

Entre 2005 e 2009, acesso à rede teve maior crescimento na região Norte.

O contingente de pessoas com 10 anos ou mais que acessam a Internet cresceu 21,5% no Brasil em 2009, passando de 55,9 milhões no ano anterior para 67,9 milhões. No total, 41,7% dos brasileiros dizem ter tido acesso ao serviço. Os dados são do relatório de 2009 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), divulgada nesta quarta-feira (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o PNAD, o crescimento do número de internautas no Brasil acumula 112,9% desde 2005, quando havia 31,9 milhões de pessoas que declaravam ter usado a rede de computadores. Entre 2005 e 2009, houve crescimento da proporção de pessoas que utilizaram a Internet em todas as regiões do país.

O acesso em casa já é realidade para 16 milhões de residências no Brasil, ou 27,4% do total. É a primeira vez que o Brasil passa a ter uma conexão para cada quatro residências: em 2008, havia conexão em 23,8% das casas.

O Sudeste tem a maior proporção de usuários (48,1% do total dos moradores dos 4 estados da região utilizam a rede, contra 26,2% em 2005), seguido por Centro-Oeste (47,2%, contra 23,4%) e Sul (45,9%, ante 26,2%). No Nordeste, o acesso passou de 11,9% em 2005 para 30,2%. A região Norte teve o maior aumento proporcional no contingente, de 213,9% entre 2005 e 2009: de 12%, o acesso passou a atingir 34,3% dos moradores.

De 2008 a 2009, as mulheres avançaram mais que os homens com relação ao acesso à Internet. O aumento no contingente de homens foi de 20,0%, e no de mulheres alcançou 22,9%.

Embora tenha crescido entre todas as faixas etárias, o uso de internet teve aumento proporcional maior entre os mais jovens. Entre os brasileiros de 10 a 14 anos, 58,8% acessaram a rede em 2009. A maior presença on-line está na faixa entre 15 a 17 anos, com 71,1% de acesso, contra 68,7% para os brasileiros de 18 ou 19 anos.

Apesar de ser o grupo que apresentou o maior aumento (148,3%) no contingente, somente 15,2% das pessoas de 50 anos ou mais de idade utilizaram a Internet.

Fonte: g1, www.g1.com.br