Brasil tem 24,6 milhões de fumantes acima de 15 anos, aponta pesquisa IBGE

Número equivale a 17,2% da população brasileira nessa faixa etária

Cerca de 24,6 milhões de brasileiros acima de 15 anos fumavam derivados do tabaco em 2008, conforme apontou a Pesquisa Especial de Tabagismo (PETab) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta sexta-feira (27). O número equivale a 17,2% da população nessa faixa etária.

Segundo o IBGE, o país ainda possui outros 0,4% de usuários de tabaco não fumado, como rapé e fumo de mascar. No total, os consumidores de tabaco ? fumado ou não ? formam um contingente de 25 milhões de pessoas, o que equivale a 17,5% da população total do Brasil acima de 15 anos.O número de homens usuários de tabaco é maior que o de mulheres em todas as regiões do Brasil.

Segundo o IBGE, cerca de três milhões de pessoas fumavam apenas ocasionalmente, o que corresponde a 12,2% do número de fumantes e a 2,1% do total da população acima de 15 anos.



O Brasil tem um total de 118,4 milhões de brasileiros que se declaram não fumantes. Conforme o IBGE, o número total de não fumantes acima de 15 anos equivale a 82,8% da população nessa faixa etária. Entre os não fumantes, 92,5 milhões de pessoas (64,7% da população com mais de 15 anos) nunca fumaram e cerca de 26 milhões de pessoas são ex-fumantes.

A escolaridade é um fator que influencia na idade em que as pessoas começam a fumar. As pessoas sem instrução ou com menos de um ano de estudo que começaram a fumar antes dos 15 anos chega a 40,8%.

Segundo o IBGE, no Brasil, os maiores percentuais de fumantes foram encontrados entre pessoas que se declararam de cor preta ou parda. De todas as pessoas que se consideram pretas ou pardas, 19% são fumantes. Já entre quem se considera branco, 15,3% são fumantes. Os termos branco, preto e pardo são utilizados no relatório oficial do IBGE.

Entre as pessoas que fumam todos os dias, a maioria consome de 15 a 24 cigarros por dia (33,9%). De acordo com o IBGE, 39,3% dos fumantes do país acendem o primeiro cigarro entre 6 e 30 minutos após acordar.

A maioria dos ex-fumantes do país (57,3%) deixou o vício há 10 anos ou mais. Do total de ex-fumantes nessa condição, 60,1% são homens e 53,3% são mulheres.

Fonte: g1, www.g1.com.br