Brasileira leiloa virgindade na web; lance chega a R$ 74 mil

Brasileira leiloa virgindade na web; lance chega a R$ 74 mil

Catarinense, ela trancou a faculdade de educação física para participar de um projeto de documentário.

Como a maioria das adolescentes, Catarina também sonhava ter a primeira experiência sexual com um grande amor. Hoje, aos 20 anos de idade, cansou de esperar e está leiloando a virgindade na internet. Os lances começaram ontem e, já no primeiro dia, a oferta chegou a 35 mil dólares australianos (aproximadamente R$ 74,5 mil).

Catarinense, ela trancou a faculdade de educação física para participar de um projeto de documentário idealizado pelo diretor australiano Justin Sisely. Durante mais de um ano, o documentarista recrutou virgens, homens e mulheres, na Austrália, mas decidiu ampliar as buscas. A brasileira se candidatou e ganhou a vaga. "Vejo isso como um negócio. Tenho a oportunidade de viajar, fazer parte de um filme e conseguir uma gratificação com isso", explicou.

Além dos 20 mil dólares australianos (R$ 42,6 mil) que recebeu na assinatura do contrato, todo o valor do maior lance vencedor ficará com a estudante.

O projeto enfrenta problemas na Austrália por causa das leis relacionadas à prostituição, mas a brasileira se defende: "Muita gente encontra desconhecidos nos bares, transa na mesma noite e nem lembra mais no outro dia; outros perdem a virgindade com namorados e depois as coisas mudam. Para mim, o mais importante na vida é não prejudicar ninguém".

As primeiras filmagens foram feitas no Brasil. Durante seis meses, uma equipe entrevistou família e amigos e acompanhou a rotina da estudante, que tem o apoio da mãe. "O assunto é polêmico, mas eu acredito no projeto. Eles são virgens e eu quero mostrar a transformação e o desenvolvimento emocional desses jovens", afirmou o diretor. Intitulado Virgins Wanted, o documentário terá duração de uma hora e meia. O russo de 23 anos Alex Stepanov, que também está leiloando a virgindade, é outro protagonista do filme.

Os lances estão sendo feitos no site que leva o nome do projeto, mas há regras para os interessados. Além de apresentarem exames médicos e a ficha policial, os vencedores não podem beijar os virgens, realizar fetiches ou fantasias eróticas, nem usar acessórios durante a atividade sexual. Felação e o uso de bebidas alcoólicas, telefones celulares e equipamentos de gravação também não são permitidos. Um certificado de consumação do ato será entregue ao comprador, que é proibido de convidar outras pessoas para a relação. O leilão termina dia 15 de outubro.

Fonte: Terra