Brasileiro desaparece ao tentar escalar montanha na África

Ainda segundo o site, esse é o segundo caso de um turista que desaparece na região

Um turista brasileiro de 28 anos está desaparecido desde domingo (19) em uma montanha no Maláui, na África, segundo o site local ?Nyasa Times?. O economista Gabriel Buchmann, que também tem passaporte francês, foi escalar a montanha Mulanje acompanhado de um guia.

O porta-voz da polícia local disse ao ?Nyasa Times? que o brasileiro e o guia Lewis Maudzu chegaram a caminhar juntos até a uma altitude de cerca de 3 mil metros, quando Buchmann teria dispensado o guia.

?O guia avisou sobre o risco de continuar por conta do mau tempo, mas ele desafiou os conselhos e foi sozinho para Sapitwa?, disse Ralph Makondetsa, que afirmou ainda que o guia avisou a direção do local, que avisou a polícia sobre o ocorrido.

Ainda segundo o site, esse é o segundo caso de um turista que desaparece na região. Antes, em 2003, foi a holandesa Linda Plonk, de 22 anos.

A namorada do brasileiro, Cristina Reis, disse que o Ministério das Relações Exteriores entrou em contato com a embaixada brasileira no Zimbábue para conseguir um helicóptero. ?O governo brasileiro foi informado do desaparecimento e que vai colaborar com o financiamento e a logística da busca. Eles também confirmaram a contratação de mais 20 pessoas para ajudar na busca?, afirmou ela.

O Itamaraty não confirmou a informação.

Um tio de Buchmann deve chegar nessa quarta-feira (22) ao Maláui para acompanhar a busca.

?Inicialmente disseram que encontraram a bagagem dele no hotel, depois soubemos que estava com o guia, o mesmo que foi dispensado?, disse ela. A embaixada francesa, ainda conforme a namorada, também está colaborando a dar informações.

?O diretor da região da montanha, Carl Bruessow, tem feito tudo o que pode?, disse ela, que namora Buchmann há 15 meses, e que está no Rio tentando obter informações.

Fonte: g1, www.g1.com.br