Brasileiro quase embarca por engano no voo da Air France

O brasileiro havia chegado a comunicar parentes de que poderia estar no voo 447

O coreógrafo brasileiro Gustavo Ciríaco quase foi obrigado a embarcar no voo 447 da Air France por um erro da companhia aérea. Ciríaco, que havia comprado um bilhete para o voo que saía às 16h, recebeu a informação de que tinha assento reservado no avião que partia às 19h do Rio de Janeiro rumo a Paris.

O brasileiro havia chegado a comunicar parentes de que poderia estar no voo 447 quando, depois de discutir com atendentes da Air France, conseguiu embarcar às 16h, seguindo seus planos originais.

Gustavo Ciríaco ligou nesta segunda-feira (1º) de Frankfurt para a família para informar que estava tudo bem. Antes de receber informações do irmão, Bernardo Ciríaco, foi ao Aeroporto Internacional Tom Jobim para verificar informações sobre o voo 447 da Air France."Estamos aliviados e, ao mesmo tempo, torcendo para que tudo termine bem para as famílias que estão vivendo o drama", disse Bernardo a reportagem de ÉPOCA.

Fonte: Época