Buraco em encosta prejudica população no bairro Satélite, na zona Leste de Teresina

Os moradores alegam que o problema existe há três anos e tem provocado acidentes, além de prejudicar serviços básicos como a coleta de lixo domiciliar

A população que vive nas imediações da Rua Urano, localizada no Bairro Satélite, zona Leste de Teresina, reclama que a via está repleta de buracos. Segundo relatos, a rua ficou assim após serviços de ajustes hidráulicos feitos pela Águas e Esgotos do Piauí S.A (Agespisa). A situação já se estende há três anos e tem provocado acidentes e muitos incômodos para quem mora nas proximidades.

O buraco só não está maior porque os próprios moradores compraram areia e material de construção para fechá-lo, mas isso não impede que os acidentes aconteçam. No último domingo um carro ficou preso no buraco e as pessoas precisaram fazer força para tirá-lo de dentro.

Além de tudo isso, o buraco fica bem na encosta de um morro, o que facilita acidentes em que veículos podem invadir alguma das três residências que ficam bem próximas. Para Maria dos Santos, moradora da região, a situação é consequência do descaso com os moradores da região.

“Meu cunhado comprou o aterro para diminuir mais o tamanho do buraco, porque domingo mesmo um carro ficou aí pendurado. Vai fazer três anos que esse buraco está aberto e ninguém faz nada. É claro que só sobra para a gente”, explica.

Já a vizinha Maria de Sousa Silva garante que não foi por falta de reclamação que ainda não resolveram o problema, pois os vizinhos já se uniram para solicitar junto às autoridades uma solução cabível, mas até agora nada foi feito.

“A gente já entrou em contato com todo mundo que pudesse se responsabilizar, ou a Agespisa ou a prefeitura. Mas ninguém vem. É um descaso total”, reclama a moradora.

O material de construção utilizado pelos moradores para tampar o buraco está com os dias contados. A população explica que sempre que vem as chuvas toda a areia e o seixo descem morro abaixo, deixando a rua completamente imunda. Mas enquanto a solução não vem, os moradores são obrigados a dar seus “jeitinhos” para amenizar a problemática.

Agespisa garante que vai encaminhar equipe à região

A reportagem buscou a Águas e Esgotos do Piauí (Agespisa) para averiguar mais informações sobre a situação relatada pelos moradores do bairro Satélite. Segundo o órgão, não é possível afirmar com certeza que a obra realizada na rua foi de responsabilidade da Agespisa, mas que ainda assim a empresa tomará providências.

Em nota técnica encaminhada ao Jornal Meio Norte, a Agespisa garante que "hoje vai encaminhar uma equipe de engenharia ao local para fazer os reparos necessários na via", como forma de sanar os problemas relatados pela população do entorno da Rua Urano.

Buracos dificultam coleta de lixo domiciliar

Além de dificultar o tráfego de carros, outro problema trazido pelos buracos presentes na Rua Urano é a questão da coleta de lixo. Isso porque o caminhão não consegue passar pela via, e muitos moradores acabam ficando sem a coleta.

"O carro do lixo uma vez ia caindo também. Aqui é difícil eles passarem por causa do buraco, então eles evitam a rua e a gente fica com o lixo nas portas esperando o dia que der vontade de eles virem", atesta Maria dos Santos.

Além do buraco, bem ao lado da abertura no solo também há um carro abandonado, que impede que o caminhão passe pela rua pelo outro lado:

"O pessoal do caminhão de lixo não consegue passar aqui de jeito nenhum, porque além do buraco, não tem nem como eles passarem pelo canto da rua porque tem esse carro abandonado", finaliza Maria de Sousa Silva.

Clique e curta Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Lucrécio Arrais