Buracos e início da obra provocam acidentes na Henrry Wall de Carvalho

Buracos e início da obra provocam acidentes na Henrry Wall de Carvalho

A avenida passará por uma reconstrução nos próximos meses, mas os buracos na pista atrapalham trânsito

Enquanto aguardam a conclusão das obras de reconstrução, moradores, comerciantes e condutores passam por transtornos na Avenida Henry Wall de Carvalho, zona Sul de Teresina. São buracos, desvios e alagamentos que provocam acidentes e prejuízos.

O primeiro problema visto está na área de interdição devido às obras de implantação das tubulações de drenagem, iniciadas há cerca de três semanas na via.

Para possibilitar a obra, houve um estreitamento de pista, que ganhou buracos e alagamento, além de aumentar o risco de colisão frontal entre os veículos.

De acordo com o gerente de obras da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul, Márcio Sampaio, a obra do sistema de escoamento é uma etapa muito importante na revitalização da avenida, que tem prazo total de seis meses para ser entregue, embora ainda não haja uma data específica para o início do recapeamento asfáltico.

?Por ser uma obra de estradas, a drenagem e colocação de bueiros são muito importantes e devem ser feitas antes do asfalto para evitar alagamentos futuros?.

A obra para implantação de tubulações de drenagem é complexa e está sendo realizada nas partes com nível mais baixo da avenida. Toda a obra, incluindo o recapeamento tem o investimento total de R$ 6 milhões, com recursos próprios da Prefeitura de Teresina.

Já nas proximidades do Bairro Promorar, os buracos na pista de rolamento são constantes, com áreas onde já é possível visualizar perda de asfalto. Com as chuvas, os pontos de alagamento e lamaceiros são uma certeza.

Em frente à borracharia onde trabalha o senhor Saul Fontes da Silva, os problemas são especialmente graves. Ele disse que presenciou nessa segunda-feira um acidente de motocicleta com vítima, ocasionado quando o condutor tentou desviar de um dos buracos.

?Nós que trabalhamos nesta borracharia temos muito medo, pois não há mais espaço para trabalhar, devido ao desvio que os veículos têm de fazer para não caírem nos buracos, sem contar na alta velocidade que muitos ainda mantêm. Os engarrafamentos também estão frequentes neste ponto, principalmente entre 12 e 19 horas, quando fica realmente impossível passar por aqui?.

O senhor João Batista Soares, empresário e condutor, disse que os problemas com escoamento de água estão prejudicando diretamente o seu restaurante devido a uma infiltração recorrente após sucessivos alagamentos da Avenida Henry Wall de Carvalho. Além disso, ele relata dificuldades de sua filha cadeirante para ter acesso à residência nos períodos chuvosos.

?Meu estabelecimento sempre alaga quando vem água da avenida, sem contar que fica complicado para a minha filha que utiliza o transporte eficiente.

Às vezes o veículo tem dificuldades para estacionar. Sobre os buracos, a situação é antiga e me lembro que há poucos meses fizeram uma obra de tapa-buraco, mas que já se desmanchou?, disse.

Cidadãos relatam prejuízos financeiros

O borracheiro Saul da Silva relatou que com o período chuvoso e o agravamento dos buracos na pista, até o movimento de clientes da borracharia foi reduzido. Ele atribui a baixa procura por serviços aos engarrafamentos frequentes, além da falta de espaço para a clientela estacionar ou parar".

"Quando chove vira um caos. Estamos procurando espaço para ver se ampliamos o espaço da borracharia, pois com esta bagunça não há mais espaço para os clientes estacionarem nem manobrarem", disse Saul da Silva.

João Batista Soares, que possui um restaurante, também viu as vendas diminuírem devido aos problemas na avenida. "Além do problema com alagamentos da avenida, calçadas e buraqueiras os clientes não têm mais onde colocar o carro e não querem vir para cá, pois ficou um local menos agradável", disse ele que não sabe ao certo quanto as vendas foram afetadas.

Além disso, João Batista reclamou que já perdeu um pneu do seu automóvel e ainda correu o risco de acidente por causa de um buraco cheio de água na avenida. "Eu não vi que tinha um buraco, caí nele e o pneu acabou estourando", contou.

Obras terão mais de 3 Km de extensão

Assinada há um mês pelo prefeito Firmino Filho, a ordem de serviço para revitalização da Avenida Henry Wall de Carvalho, que contempla bairros como Saci, Promorar, Angelim e Areias, terá mais de três quilômetros de melhorias.

A benfeitoria corresponde ao atendimento de reivindicações antigas da população da região, que têm uma das mais importantes vias de escoamento da capital.

Com a obra, a avenida ganhará um nível mais elevado, novo sistema de drenagem e escoamento, além de recapeamento asfáltico. As características desta obra devem combater alguns problemas recorrentes como os pontos de alagamento que se formam nos períodos chuvosos, comprometem o asfalto e prejudicam o tráfego de veículos na região. Além dos sistema de drenagem, a avenida ganhará passagens de água subterrâneas através de tubulações.

Fonte: Samira Ramalho