Cachoeira vai à Justiça Federal comunicar a viagem com Andressa para resort luxuoso

Cachoeira vai à Justiça Federal comunicar a viagem com Andressa para resort luxuoso

O contraventor tem permissão para transitar dentro do território nacional

O bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, foi ao prédio da Justiça Federal em Goiás nesta quinta-feira para falar sobre uma possível viagem à praia. Em liberdade por um habeas-corpus após quase nove meses de prisão, o contraventor tem permissão para transitar dentro do território nacional, desde que comunique o deslocamento à Justiça.

A conversa sobre a possível viagem ocorre logo após um outro passeio de Cachoeira. No último fim de semana, o condenado a quase 40 anos de prisão por corrupção, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro passou a lua de mel com a esposa, Andressa Mendonça, em um luxuoso resort na Península de Maraú, no sul da Bahia. O resort Kiaroa, onde ficou o casal, fica próximo à praia de Taipús de Fora. As diárias do local passam dos R$ 3 mil em suíte simples e chegam a R$ 10 mil em bangalô luxo.

Contatada, a defesa de Cachoeira afirmou que o contraventor descansa "por recomendações médicas". "Ele está se tratando do quadro depressivo agudo que o acometeu após a longa internação de nove meses (no ano passado no presídio da Papuda, em Brasília) longe do convívio familiar", disse o advogado Nabor bulhões, segundo quem a "comida péssima" em "local horroroso" agravou o estado de saúde de seu cliente.

Fonte: Terra