Cachorro enterrado vivo passará por cirurgia, dizem veterinários

Um olho pode ter sido atingido por ferramenta quando era enterrado.

O filhote de cachorro de 4 meses que passou 12 horas enterrado vivo no quintal da casa de um aposentado, em Novo Horizonte, no interior de São Paulo, deverá passar por cirurgia no olho nos próximos dias. Segundo o presidente da Associação Protetora dos Animais ?Mão Amiga?, Marco Antonio Rodrigues, várias pessoas entraram em contato com a entidade querendo ajudar a salvar o cão. ?Teve gente de Boston, nos Estados Unidos, pedindo o número da conta da associação".


Cachorro enterrado vivo passará por cirurgia, dizem veterinários

Com sarna e o olho esquerdo machucado, Titã, nome que ganhou dos funcionários da associação, está recebendo toda atenção da veterinária Viviane Cristina da Silva. Ela disse que os últimos exames apontaram piora no estado de saúde dele. "A anemina é grave, o que mostra que o cachorro sofria maus-tratos há tempo". O ferimento no olho deve ter sido provocado por alguma ferramenta. ?Estamos tentando salvá-lo, mas a situação dele é bastante crítica?, disse. O animal deve permanecer internado por pelo menos 15 dias. A cirurgia no olho será feita na clínica da veterinária Viviane, em Novo Horizonte.

Ele deve permanecer internado por pelo menos 15 dias. A cirurgia será feita na clínica da veterinária Viviane, em Novo Horizonte. Marco Antonio também contou que a população da cidade está revoltada.

Segundo o presidente da associação, o antigo dono do cachorro, que mora com um irmão no Parque Centenário, não foi visto mais pela cidade nas últimas horas. ?É impressionante uma pessoa ter coragem de fazer uma crueldade como essa. O aposentado deve ter percebido o mal que causou?.

Fonte: G1