Cães atacam, mas cadela de estimação salva menino

Cães atacam, mas cadela de estimação salva menino

Há sete anos, ele perdeu um irmão, vítima do ataque de um pit bull

Um menino de 12 anos foi atacado por dois cães, na segunda-feira (2), em Ponta Grossa, enquanto brincava na rua onde mora. Kauan Gabriel Vieira jogava futebol com o irmão e os amigos, quando dois cachorros da raça boxer escaparam da casa de um vizinho e correram em direção às crianças.

Os cães atacaram o garoto, que caiu no chão e teve pernas e braços mordidos. O menino foi salvo pela cadela de estimação, que avançou no boxer. ?Foi ela que fez o cachorro não me pegar mais. Ela grudou nele e puxou para longe. Nisso, eu consegui correr?, contou.

Enfurecido, o padrasto do garoto atirou em um dos cachorros depois do incidente, segundo consta no boletim de ocorrência. De acordo com o dono dos animais, o cão sobreviveu ao disparo e foi internado em uma clínica veterinária. O vizinho garantiu ainda que prestou socorro ao menino. Já o padrasto de Kauan está foragido.

A morte do irmão

É a segunda vez que Kauan sobrevive ao ataque de cães. Há sete anos, um pit bull avançou nele e no irmão de dois anos, que morreu. ?Foi por Deus que eu tenho hoje o Kauan, porque os dois estavam juntos. O acidente foi na casa da vó dele. Na hora que eu cheguei, já tinha acontecido. Eu ainda consegui resgatá-lo com vida, mas depois ele acabou falecendo. Deu parada cardíaca e ele não resistiu aos ferimentos?, contou a mãe do garoto, Danieli Voinaroski.

Fonte: G1