Caixa investe R$ 4 milhões na proteção das águas

Recursos financeiros serão destinados pelo Fundo Socioambiental CAIXA para projetos de instituições públicas e privadas

A Caixa Econômica Federal vai apoiar projetos de recuperação florestal, de nascentes e matas ciliares, em bacias hidrográficas nas quais se faça a captação de água para abastecimento humano, de cidades e comunidades. O investimento total chega a R$ 4 milhões.

Para cada projeto, o valor mínimo é de R$ 200 mil, e o máximo, R$ 500 mil. O prazo de execução deve ser de até 18 meses.

Podem participar da seleção, projetos de instituições públicas e de instituições privadas sem fins lucrativos, com registro no Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas (CNEA). A entrega deve ser realizada até o dia 05 de agosto.

A CAIXA atua de maneira positiva na melhoria da qualidade dos mananciais, investindo no saneamento ambiental e em habitações de interesse social, por meio da construção de sistemas de água e esgoto, aterro sanitário, urbanização de favelas e produção habitacional, melhorando as condições de vida da população e tornando mais compatível a relação do indivíduo com o meio ambiente.

Paralelamente a essas ações, o Fundo Socioambiental (FSA) CAIXA, dentro da temática Cidades Sustentáveis, e no eixo de atuação Proteção das Águas de Abastecimento Humano, possibilitará que se consolide a atuação do banco, no fomento a projetos que tragam ganhos ambientais, como é o caso da proteção aos recursos hídricos.

Para mais informações, os interessados podem consultar a Chamada Pública 002/2011, disponível no sítio www.caixa.gov.br/download, link Fundo Socioambiental CAIXA/Chamada Pública 002/2011.

Fonte: Caixa Econômica