Câmara irá discutir a coleta do lixo hospitalar em THE

Câmara irá discutir a coleta do lixo hospitalar em THE

Teresina produz o total de sete toneladas desse tipo de resíduo, mas não está realizando a coleta adequada.

A Câmara Municipal de Teresina aprovou a realização de uma audiência pública para discutir o destino dado ao lixo hospitalar produzido na capital. A solicitação foi feita pelos vereadores Décio Solano (PT) e Urbano Eulálio (PSDB). Segundo o petista, Teresina produz o total de sete toneladas desse tipo de resíduo, mas não está realizando a coleta adequada pondo em risco a saúde da população e o meio ambiente.

Décio Solano explicou que todas as clínicas e hospitais, públicos e privados de Teresina, foram obrigados a realizar alto investimento na construção de salas adequadas para a separação e coleta de lixo hospitalar. Porém, quando o serviço de limpeza da capital recolhe os resíduos, realiza a mistura do lixo hospitalar com o domiciliar, por não possuir equipamentos adequados para a coleta diferenciada. "Quando o carro do lixo passa, ele mistura tudo. No final esse resíduo, que é bastante prejudicial a saúde, é jogado nos aterros", disse.

O vereador afirma que essa é uma questão de saúde pública, já que o lixo hospitalar possui substâncias perigosas para a saúde humana, além de representar um risco de contaminação do lençol freático. "infelizmente existem várias pessoas que vivem do lixo, como os catadores. Eles estão sujeitos a adquirir doenças graves, por que esse lixo não está sendo incinerado", declarou.

Serão convidados a participar da audiência representantes da prefeitura e do Ministério do Meio Ambiente. "Temos que convocar todas as autoridades no assunto para discutir essa questão que é bastante grave. Também estarão presentes os diretores de clínicas e hospitais e o Ministério Público estadual", comentou.

Fonte: Lídia Brito