Caminhada pela paz reúne centenas de moradores no Parque Piauí

Caminhada pela paz reúne centenas de moradores no Parque Piauí

Promovida pela Unidade Escolar Parque Piauí (UNESPP), uma caminhada pela paz reuniu cerca de 150 pessoas nas principais ruas do bairro na manhã deste sábado (27), buscando chamar a atenção das autoridades para a necessidade do investimento em mais segurança na região, tendo em vista que inúmeros moradores são atingidos diariamente pela escalada da violência. A ação contou com a presença de estudantes, pais e a comunidade em geral.

A união de forças em torno do combate aos crimes foi considerada o principal pilar do movimento, segundo os participantes, o foco agora se dirige para a continuidade. “O objetivo maior foi conscientizar os jovens sobre a violência que atinge o Parque Piauí e bairros vizinhos, tal como pedir providências urgentes aos gestores públicos”, conta o diretor da instituição Jailson Costa. Dessa forma foi necessário o apoio de todos para que a iniciativa se transformasse em um sucesso. “O colégio junto com os moradores se reuniu em prol desta causa e ao tomar por base a adesão podemos dizer que nossas expectativas foram cumpridas, pois até mesmo no decorrer da caminhada várias pessoas se juntaram a nós”, insere Costa.

Dentre os participantes está a estudante Amanda Cristina que já foi assaltada duas vezes e diz estar cansada de tanta impunidade. “Nós temos que estar inseridos nessa batalha como uma forma de ajudar a todos, já que ninguém consegue mudar nada sozinho, já roubaram meu celular duas vezes e eu quero que esses crimes parem, precisamos lutar”, pede.

Esse caso não é isolado, segundo a professora Deusanira de Araújo os roubos começam logo no início da manhã e não tem hora para parar. “Aqui todo dia são duas ou três pessoas assaltadas na porta do colégio, isso é um absurdo.

Outro dia uma mãe apanhou perto do colégio, enquanto levava o filho pra estudar, isso tem que acabar. Basta”, desabafa.








Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Sávia Barreto e Francy Teixeira