Canal pago tem programação 24 horas só para cães nos EUA

Segundo os seus idealizadores, o objetivo do canal é manter o bicho estumulado, entretido e relaxado.

Um novo canal pago promete entretenimento eletrônico para um público bastante segmentado: cães. O DogTV é o primeiro do gênero e exibe 24 horas por dia programação para cachorros.

A informação é do "New York Times".

Segundo os seus idealizadores, o objetivo do canal é manter o bicho estumulado, entretido e relaxado.

Os programas do canal duram entre três e seis minutos e mostram gramados, bolas quicando e humanos coçando a barriga de cães. Há também atrações mais "educativas" que mostram aspiradores de pó e campainhas em ação, porém sem o barulho, para que os espectadores aprendam a lidar com a movimentação de uma casa normal.


Canal pago tem programação 24 horas só para cães, nos EUA

A programação, dizem os inventores, foi desenvolvida cientificamente para agradar os melhores amigos do homem.

"Pesquisamos durante três anos para saber como os cães reagem a diferentes estimulos, disse a porta-voz do canal, Bonnie Vieira.

Nem todos concordam, no entanto, que o canal canino pode ser de interesse dos bichos.

"Acho que a maior parte disso é nos fazer sentir bem, muito mais do que fazer nosso bicho de estimação feliz", ponderou a veterinária, que tem consultório em Manhattan.

"Os "pets" precisam de exercícios adequados e de um ambiente interessante. Você não pode só colocá-lo em frente à TV e esperar que ele fiquem bem."

Em um teste de DogTV na Califórnia, animais de um abrigo --alojados em uma "ala avaliação do comportamento", por onde passam os novos residentes-- reduziram os latidos temporariamente quando tiveram acesso ao canal.

Agora, se seu cão realmente presta atenção à televisão pode ter mais a ver com a tela do que o que está nele, afirma Stanley Coren, professor de psicologia na Universidade British Columbia. Em 2007, ele criou uma série de DVDs para caninos chamado de "Companion The Dog".

A dica de Coren é posicionar a tela mais próxima possível da altura dos olhos dos cães, caso contrário, será mais difícil que ele veja o que está se passando na televisão.

Fonte: F5