Bruno se desculpa ao chamar brasileiras de "piranhas" nos EUA

Bruno se desculpa ao chamar brasileiras de "piranhas" nos EUA

"Não tenho e nunca tive a intenção de ofender as mulheres sejam elas de onde for"", disse ele

Depois da polêmica gerada por uma brincadeira que fez durante apresentação nos Estados Unidos, dizendo que há muitas piranhas no Brasil, o sertanejo Bruno enviou um comunicado oficial para admitir o "erro" e esclarecer que não teve intenção de ofender as mulheres brasileiras. Leia abaixo a declaração:

"Não tenho e nunca tive a intenção de ofender as mulheres sejam elas de onde for. Fui gerado por uma mulher, sou casado com uma mulher maravilhosa que meu deu dois filhos, sendo uma menina. Respeito a mulher e sua grandeza concedida por Deus somente à ela. Errei ao brincar e peço desculpas se ofendi alguém. Até porque são vocês mulheres a minha principal fonte de inspiração, isso pode ser visto em minhas canções. Como posso ferir mulheres que considero um "Fruto Especial"?

Bruno está nos Estados Unidos para uma pequena turnê. Na apresentação no final de semana na Califórnia, o cantor disse que "o Brasil tem muitos rios pra pescaria. Com peixes pra pescar, peixes de rabão bonito, rabão grande. E lá tem muito pirarucu, tem pacu, tem piranha. E lá tá tendo muita piranha. Lá tem tanta piranha que tá faltando jacaré pra comer as piranhas. A população de piranha, cresceu demais, viu, São Francisco?" (sic), disse o cantor entre risos.

A declaração gerou polêmica entre os fãs, inclusive os que estavam na plateia. Um deles publicou um vídeo legendado com o momento da brincadeira.

Fonte: UOL