CAPSi terá serviços multiprofissionais ampliados, aponta secretário

O Centro atende mais de três mil crianças e adolescentes

O secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa, garantiu a ampliação dos serviços multiprofissionais oferecidos no Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPSi) Dr. Martinelli Cavalca. Atualmente, o Centro conta com três mil crianças e adolescentes, cadastrados para atendimento especializado de transtorno mental.

Costa afirmou que mais serviços serão oferecidos na unidade. “Para tanto, iremos compor o quadro de profissionais com mais um psicólogo, uma enfermeira, dois técnicos de enfermagem e dois assistentes administrativo”. Além disso, o secretário irá fazer uma busca ativa dentro do quadro de pessoal do Estado, para que mais um médico possa dar suporte a crescente demanda do CAPSi.

Assim, ele ressalta que o Estado, desde quando assumiu para si essa demanda foi possível “dá um salto significativo no atendimento às crianças e adolescentes com essa necessidade”.

O Centro atende uma média de 45 pacientes por dia, e dispõe de uma equipe multiprofissional, com psiquiatra, psicólogo, médico clínico, educador físico, assistente social, enfermeiro e técnico de enfermagem, artesão com oficinas, atendimento ambulatorial e acolhimento de mães das crianças com transtornos mentais.

O Centro funciona no antigo CSU do bairro Buenos Aires. Um espaço amplo, com consultórios, espaço para terapia, área esportiva, refeitório e brinquedoteca, ofertando acompanhamento clínico e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários; atendimento nos momentos de crise.

Fonte: Com informações do Portal do Governo