Carlinhos de Jesus diz que vai conhecer quem matou o filho

Carlinhos de Jesus diz que vai conhecer quem matou o filho

Filho do coreógrafo foi morto na madrugada do dia 19 com oito tiros à queima-roupa

O coreógrafo Carlinhos de Jesus afirmou nesta quarta-feira que tem certeza de que vai conhecer os assassinos de seu filho. Carlos Eduardo, conhecido como Dudu, 32 anos, foi morto na madrugada do dia 19 com oito tiros à queima-roupa quando saída de um bar em Realengo, onde seu grupo de música havia feiro um show.

"Eu quero e tenho certeza que eu vou chegar a conhecer as pessoas que fizeram isso. Eu tenho certeza que eu vou saber o porquê. Só quero encarar, só ver", disse ele em entrevista ao programa Mais Você, na TV Globo.

O coreógrafo disse que a dor de perder um filho é "vazia, de impotência, uma dor seca e, por mais que você chore, o soluço vem e a lágrima não vem". Apesar disso, Carlinhos afirmou que não tem sentimentos de vingança.

"Não quero que eles morram, porque senão os pais deles é que vão sofrer. Mas quero que eles vivam a cada instante a dor que eu senti." Carlinhos disse ainda que confia na Justiça e na polícia, e pediu para as pessoas que souberem de alguma coisa ligarem para o Disque-Denúncia.

"Já tive situações em que disse: Deus vai cuidar disso. Mas também tem a Justiça dos homens. A polícia agora está encaminhando esse assunto e com a ajuda do disque-denúncia, que é uma das grandes armas que temos hoje, vamos conhecer as pessoas que fizeram isso."

Fonte: Terra