Carpinteiro consegue sobreviver após queda de 13 andares de prédio: "Foi muita sorte"

Carpinteiro consegue sobreviver após queda de 13 andares de prédio: "Foi muita sorte"

Everson comemora e afirma que foi o sobrenome dele que deu sorte: Espírito Santo.

O carpinteiro Everson do Espírito Santo sobreviveu a uma queda de 13 andares do prédio onde trabalhava em Curitiba durante a manhã de segunda-feira (20). Segundo o Corpo de Bombeiros, ele estava no 21º andar do edifício e caiu até o 8º pelo fosso do elevador. A altura entre esses andares é de 36 metros.

Ele foi levado ao Hospital Evangélico com ferimentos na mandíbula. De acordo com os médicos, os andaimes de madeira ajudaram a amortecer a queda do trabalhador.

Everson comemora e afirma que foi o sobrenome dele que deu sorte. "Eu só senti a hora que eu parei naquele andaime que não quebrou e que me segurou. Quando eu saí, um pedreiro que estava trabalhando lá embaixo me ajudou. Foi graças ao Espírito Santo".

O Hospital Evangélico informou na manhã desta terça-feira (21) que o carpinteiro está em observação no pronto-socorro e deve ser liberado ainda hoje.

Fonte: G1