Carro pega fogo em avenida na zona Leste de Teresina

Carro pega fogo em avenida na zona Leste de Teresina

Incêndio em carro teria sido provocado por pane na parte elétrica e condutora do veículo teria entrado em pânico, segundo testemunhas

Um cena inusitada chamou a atenção de pessoas e comerciantes na Avenida Universitária, próximo à Adufpi, na manhã desta quarta-feira, dia 03 de abril. Um carro, conduzido por uma mulher simplesmente pegou fogo enquanto a mesma o conduzia. A ação da motorista no momento do acidente foi de parar o carro imediatamente no meio da avenida e gritar em busca de socorro.

De acordo com testemunhas presentes, o incêndio - que começou no motor do carro - só não teve proporções maiores porque outro motorista que conduzia na pista contrária parou seu veículo e veio prestar ajuda a mulher que se encontrava muito nervosa.

?Ela parecia em estado de choque, só gritava muito pedindo ajuda e falando para tirarem o carrinho de criança que estava no banco de trás. Eu vinha com minha mãe e quando vi o fogo parei meu carro e corri para ajudá-la. Tinha muitas pessoas vendo, mas ninguém teve atitude aí eu peguei o extintor de incêndio no carro e tentei combater o incêndio no motor pra que não tivesse proporções maiores?, declara o motorista Elivandro Araújo dos Santos, 20 anos, que teve seu dia de herói.



Ao ver a atitude de Elivandro, outros motoristas e comerciantes da área se mobilizaram pegando outros extintores de incêndio para combater o fogo. ?Foi sério e poderia ter ficado mais grave se não tivéssemos controlado o fogo. Usamos mais de 10 extintores para isso e como você pode ver ainda tem material queimando?, declarou outro homem que ajudou a socorrer a mulher e a apagar o fogo no motor do carro.

?Eu não entendo muito, mas muitas pessoas que apareceram viram que o motivo deve ter sido problemas na parte elétrica do carro, que é aparentemente novo. Por isso é tão estranho ver uma cena dessas. Alguns vizinhos levaram a motorista para suas casas e tentaram acalmá-la. Ela está mesmo muito abalada?, declarou Elivandro Santos.



Fonte: Marcilany Rodrigues